Como o Biofeedback pode ajudar no treinamento de atletas

You are currently viewing Como o Biofeedback pode ajudar no treinamento de atletas

Se você acompanha nosso blog, já sabe que a utilização do Biofeedback é uma tecnologia consolidada no treinamento neuromuscular avançado. Além disso, não é novidade que essa ferramenta tem a capacidade de auxiliar no treinamento do controle muscular. Porém, você sabia que o Biofeedback também pode ser uma excelente opção para avaliação da atividade muscular de atletas?

Tanto atletas profissionais quanto amadores, personal trainers, professores de educação física e profissionais do universo esportivo em geral podem se beneficiar dessa técnica. É isso que iremos demonstrar neste texto. Continue a leitura e saiba mais.

Aplicações do Biofeedback para atletas

O Biofeedback para atletas é especialmente vantajoso no Módulo Control. Ele permite a sincronização de dois equipamentos Myobox 2+ ao mesmo tempo. Ou seja: você poderá observar os sinais de músculos diferentes na mesma tela. Assim, os profissionais podem acompanhar a evolução da força e da simetria dos seus alunos.

Além disso, é possível criar aulas específicas com essa tecnologia. Nelas, os alunos realizam os treinos utilizando um tablet com o software. Isso permite a melhora no controle da simetria durante os treinos para os alunos de alto desempenho, principalmente.

Algumas aplicações possíveis são:

  1. Agachamento ou extensão do joelho: você poderá avaliar se o quadríceps está sendo ativado de forma simétrica durante o exercício;
  2. Marcha, corrida ou pedalada: nesta atividade, é possível medir a ativação do quadríceps esquerdo e direito em fases diferentes da marcha. Assim, analisa-se se um lado do corpo está sendo mais recrutado do que o outro;
  3. Movimentos com as mãos: aqui, a tecnologia possibilita medir a atividade dos músculos flexores e extensores dos dedos durante a ativação dos movimentos da mão. Nesses casos, vale escolher um grupamento muscular que tem intenção de ser ativado. Também pode-se posicionar o aparelho em um músculo que não deve – ou não deveria – estar ativado durante o movimento.

Essas funcionalidades auxiliam os profissionais na instrução de seus atletas, a fim de que a pessoa ative os músculos de forma mais seletiva. Portanto, o uso do Biofeedback ajuda a evitar o uso de grupamentos musculares que não interessam para os seus objetivos. Serve, também, para realizar treinamentos ou intervenções específicas para tentar diminuir o desbalanço bilateral. 

Invista nos resultados: invista em tecnologia

Para o atleta, é muito positivo poder visualizar como o movimento está sendo feito no momento exato de sua realização. Isso permite a evolução do atleta e o aprimoramento dos seus resultados. E é esse o motivo que faz do Biofeedback um recurso tão valioso para os treinamentos.

Investir em tecnologia é um diferencial importante para qualquer tipo de profissional. Mas, quando o assunto é treinamento muscular, torna-se essencial. A utilização do Biofeedback para atletas expande a capacidade analítica e amplia o entendimento sobre o próprio corpo – especialmente para aqueles com baixa consciência corporal durante a realização de exercícios.

Adquira o neuroUP e utilize o módulo Control agora mesmo

A neuroUP oferece uma série de vídeos educativos – além do treinamento ao vivo – para cada profissional ou usuário que investe no sistema. Ao adquirir nossa tecnologia, você também recebe auxílio na escolha dos materiais e na divulgação. Tudo isso para que você implemente um serviço de Biofeedback com análise avançada da biomecânica na sua região.

Compartilhe esse conteúdo:

Invista em Biofeedback e garanta mais engajamento, efetividade e precisão

Relatórios das sessões de Biofeedback

Deixe um comentário