Dicas de Marketing Para Profissionais da Saúde

Dicas de Marketing Para Profissionais da Saúde

Nós já mostramos aqui o diferencial dos profissionais que fazem investimento em tecnologia, hoje nosso foco é demonstrar como se posicionar nas mídias digitais. Tendo em mente o objetivo de potencializar o retorno desse investimento.  

É importante ressaltar que não basta apenas ter um perfil nas redes sociais, o marketing necessita de estratégia e ações planejadas para realmente surtir efeitos positivos para o seu sucesso. Esse planejamento pode incluir também o ranqueamento no Google, anúncios, e-mail marketing, entre outros. 

Nesse texto vamos demonstrar a importância de assumir uma posição de referência em sua área nas redes sociais e de que modo você pode fazer isso.

Continue a leitura e saiba mais.

Como começar uma estratégia nas redes sociais?

O primeiro passo é o planejamento e a abertura para estar em diferentes meios de comunicação, pois cada um deles possui suas vantagens. O marketing de conteúdo busca fortalecer o laço entre profissional e público. E para alcançar esse objetivo, confira as nossas dicas:

1 | Saiba quem é o seu público

O profissional que decide começar uma estratégia de marketing precisa saber com quem está conversando. Por exemplo, você pode escolher se direcionar apenas aos pacientes; ou colegas especialistas; ou ainda um pouco dos dois.

É fundamental definir o público-alvo para ser assertivo em relação ao conteúdo e estreitar a relação com os seus seguidores.

2 | Produza conteúdo relevante

Um dos principais objetivos da presença digital é construir a autoridade do profissional ou instituição de saúde através da informação de qualidade. O compartilhamento de conhecimento precisa ser bem planejado, para que responda exatamente às necessidades do seu público. A fim de firmar a sua posição como referência na área. 

Atenção: para produzir conteúdo é preciso que você saiba o que o Conselho de Ética da sua profissão permite divulgar. A depender do caso, você pode citar seus tratamentos, sua técnica de reabilitação e os procedimentos que você realiza. 

Em geral, não é permitido falar que determinado tratamento é “o melhor” ou “garantia de sucesso”. Mas é importante que seu público conheça seu serviço. Divulgar tecnologias que você usa na sua rotina em redes sociais pode ser um grande diferencial.

Além disso, uma boa ideia é divulgar dicas de saúde, qualidade de vida e dividir um pouco de si mesmo também. Leia mais sobre isso no próximo tópico.

3 |  Humanize o seu perfil

É importante ter em mente: redes sociais são formadas por pessoas. E o que as pessoas querem sentir quando buscam um perfil é que o profissional do outro lado da tela tenha humanidade. Ninguém gosta de sentir que está comunicando-se com uma máquina. Principalmente quando se está à procura de um profissional de saúde para um tratamento.

Mostre um pouco de você, conte sobre sua trajetória profissional, poste uma foto do seu dia-a-dia no consultório/clínica/hospital.

Confiança e credibilidade

Na atualidade, mais do que nunca, é possível perceber o quanto é fundamental estar nas mídias sociais. Ao divulgar informações de valor, você contribui para a promoção da saúde como um todo. A longo prazo, você passa a estabelecer uma relação de confiança e credibilidade com seu público-alvo.

Quando o paciente reconhece em você uma autoridade e compreende que você pode oferecer um serviço de qualidade para ele, o investimento em uma tecnologia, como o biofeedback por exemplo,  gera retorno. 

Agora que você já leu nossas dicas de marketing para profissionais de saúde e sabe como compartilhar seus conhecimentos, conheça o biofeedback e fique por dentro da trajetória que fez a neuroUP se tornar referência nesse campo. 

Deixe uma resposta