Dor de cabeça e o Bruxismo. Existe relação?

Dor de cabeça e o Bruxismo. Existe relação?

Você sabia que cerca de 80% da dores de cabeça são de origem muscular?

Muitas pessoas sofrem de dores de cabeça durante anos da vida e tomam uma série de medicamentos para tentar conviver com essa situação, mas, muitas vezes, nunca descobriram a causa real dessas dores. 

O que pouca gente sabe é que existem centenas de tipos de dor de cabeça, mas as mais comuns são as que ocorrem por conta da ativação inadequada dos músculos.  

Essas dores costumam causar uma sensação constante de aperto nas laterais da cabeça, na testa e/ou nas mandíbulas. Mas, por quê isto acontece?

Encontre especialistas

PROFISSIONAIS CERTIFICADOS EM BIOFEEDBACK NA SUA região

Advance Search

Conheça o Biofeedback

O que é o Bruxismo da Vigília?

Quando pensamos no “Bruxismo”, a primeira lembrança nos vem na mente é uma pessoa rangendo os dentes durante a noite. Esse tipo de Bruxismo é classificado como “do Sono” e, por incrível que pareça, os estudos mais recentes não têm apontado uma relação forte com as dores musculares. Mas, então, existe outro tipo de Bruxismo que pode estar relacionado com a dor nos músculos?

Além do Bruxismo do Sono, também existe uma outra categoria que é extremamente comum na população e que é chamada de “Bruxismo da Vigília”.  Esse comportamento acontece enquanto estamos acordados e tem uma relação direta com o estresse/ansiedade e com altas demandas de concentração durante o dia.

Esses hábitos acontecem quando estamos utilizando o celular, assistindo televisão, trabalhando, estudando, dirigindo, etc. Ou seja, sempre que estamos em alerta e não prestamos atenção aos nossos dentes e à mandíbula.

Nessas situações, as pessoas costumam manter os dentes encostados ou apertados, a roer unha, a morder objetivos, como tampas de caneta,  a morder a língua, a ficar batendo os dentes ou a manter os músculos da mastigação rígidos, mesmo sem encostar os dentes.

O problema é que esses músculos mastigatório não foram feitos para serem ativados durante tanto tempo no dia. Segundo estudos, os músculos da mastigação não devem ser ativados por mais do que 30 minutos por dia. 

O que acontece é que as pessoas que realizam o Bruxismo da Vigília podem passar até horas do dia nesse padrão inadequado, mesmo sem nem perceber.

Então, como posso descobrir se a minha dor pode ser causada pelo Bruxismo da Vigília?

Uma especialidade da área da saúde que trabalha diretamente com esse tipo de situação é chamada de “Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial”. Esses profissionais que podem Dentistas ou Fisioterapeutas atuam com foco na região da cabeça e do pescoço.

Esses profissionais possuem formação específica para avaliar o Bruxismo da Vigília e para identificar se os seus pacientes possuem disfunções nessas regiões causadas pela atividade inadequada dos músculos. No Brasil, centenas desses profissionais também utilizam tecnologias avançadas de Biofeedback para medir objetivamente o comportamento desses músculos para confirmar se essas regiões estão sendo ativadas corretamente ou não.

Encontre especialistas

PROFISSIONAIS CERTIFICADOS EM BIOFEEDBACK NA SUA região

Conheça o Biofeedback

Deixe uma resposta