Exercícios para músculos mastigatórios com o Biofeedback

Assista ao vídeo sobre o uso da tecnologia de Biofeedback para exercícios em músculos mastigatórios. Em seguida, leia mais informações sobre a tecnologia nesta página.

Os movimentos da mandíbula são realizados por músculos internos da cabeça, portanto nós não recebemos feedbacks visuais quando estamos realizando exercícios em músculos mastigatórios. 

Ou seja, a única forma de sabermos se as contrações estão acontecendo corretamente é através da propriocepção, sentido que costuma ser alterado em pessoas com dores crônicas. 

Desse modo, observamos que a maioria das pessoas tem dificuldade para descriminar se os músculos mastigatórios estão devidamente relaxados ou contraídos durante realização de exercícios. 

Isso faz com que as pessoas tendam a realizar contrações leves demais, ou a exagerar nas contrações, já que não existe uma forma efetiva de controle da intensidade dos exercícios.

Captação da atividade muscular na região orofacial com Biofeedback
Captação da atividade muscular na região orofacial com Biofeedback

Uma forma de aumentar a consciência corporal e fazer com que as pessoas ganhem maior controle voluntário sobre o próprio corpo é através da técnica de Biofeedback

Esse recurso realiza a captação da atividade elétrica na superfície da pele e transforma esses sinais em estímulos gráficos e sonoros no celular.

Com o Biofeedback, é possível realizar exercícios de controle fino dos músculos e saber, em tempo real, se esses movimentos estão sendo realizados corretamente.

Além disso, é possível controlar a intensidade do treino que será realizado com base em dados personalizados. 

Ou seja, uma pessoa com uma Disfunção temporomandibular (DTM), por exemplo, poderá realizar exercícios nos músculos da mastigação de intensidades leves ou moderadas que poderão beneficiar na redução da inflamação e da dor.

O Biofeedback em exercícios para músculos mastigatórios

O Módulo Recovery (neuroUP) realiza uma calibração inicial para que o sistema consiga entender quais são os níveis mínimos (repouso) e máximos que a pessoa consegue desempenhar.

Com base nesses valores, é possível traçar uma sequência personalizada de treino muscular para que a pessoa aprenda a ter controle sobre o relaxamento e sobre as contrações fásicas e tônicas. 

Biofeedback é uma tecnologia acessível e que gera, além de uma mensuração mais objetiva dos exercícios, um aumento do valor agregado aos serviços que atuam na área de DTM.

Treino para músculos mastigatórios com Biofeedback
Treino para músculos mastigatórios com Biofeedback

Faça parte da rede neuroUP que já conta com mais de 400 profissionais, em 6 países, e receba o suporte técnico e comercial para implantar o seu serviço profissional.

TECNOLOGIA
Biofeedback muscular:

Capte dados para analisar a atividade dos músculos e para treinar o seu controle

Compartilhe esse conteúdo:

Deixe um comentário