Primeiros passos com o Biofeedback muscular Myobox 2.0

Primeiros passos com o Biofeedback muscular Myobox 2.0

O Biofeedback muscular é uma técnica de treinamento que ensina o controle avançado da tensão do corpo. Esse aprendizado é realizado com o dispositivo portátil Myobox 2.0, com eletrodos adesivos e com o aplicativo da neuroUP disponível para Smartphones e tablets, na Play Store e na App Store.

Esse conteúdo tem objetivo de explicar o passo-a-passo prático de como utilizar essas tecnologias. 

💡 Caso prefira, clique para selecionar um assunto de interesse:

Carregamento do dispositivo

O Myobox possui uma bateria interna recarregável. O tempo para o carregamento máximo é de aproximadamente 3h. O carregamento é realizado através de um cabo USB e o procedimento é muito semelhante ao carregamento de um Smartphone.

O cabo poderá ser conectado a uma porta USB de computador/notebook ou em carregadores de smartphones, com entrada USB. O carregamento costuma ser mais rápido com os carregadores que são conectados à tomada, em relação ao carregamento em computadores/notebooks.

Por segurança, o dispositivo é programado para não funcionar enquanto estiver sendo carregado. Portanto, retire o cabo USB para realizar as sessões. É possível utilizar o aparelho mesmo sem a carga estar totalmente completa.

Selecione na lista abaixo o modelo do seu Myobox para ler as informações sobre carregamento do dispositivo e status do led:

Função liga e desliga: a função de liga e desliga encontra-se na parte lateral do aparelho e o status de carregamento e nível da bateria são indicados por um led na parte central. Durante o carregamento, o aparelho só exibe o status do led se a chave estiver na posição ON.

Status do led:

  • Azul piscando: com carga (pronto para uso)
  • Azul ou vermelho piscando rápido: enviando dados
  • Vermelho piscando: nível baixo de bateria (não é recomendado fazer sessões)
  • Branco contínuo: carregando (com cabo USB conectado)
  • Verde contínuo: completamente carregado (o cabo USB pode ser removido)
  • Apagado: completamente descarregado (ou desligado)

Função liga e desliga:

Modelo Myobox 2 (com botão central): o botão de liga e desliga, localizado na parte central do aparelho também tem a finalidade de informar o status de carregamento e o nível de bateria. Ao apertar o botão, você irá ouvir um som de click.

Modelo Myobox 2 (com chave on/off lateral): a função de liga e desliga encontra-se na parte lateral do aparelho e o status de carregamento e nível da bateria são indicados por um led na parte central. Durante o carregamento, o aparelho só exibe o status do led se a chave estiver na posição ON.

Status do led:

  • Verde piscando: com carga (pronto para uso)
  • Vermelho piscando: nível baixo de bateria (não é recomendado fazer sessões)
  • Vermelho contínuo: carregando (com cabo USB conectado)
  • Verde contínuo: completamente carregado (o cabo USB pode ser removido)
  • Apagado: completamente descarregado (ou desligado)

Uso dos eletrodos adesivos

Antes de iniciar o uso do aparelho, é importante realizar a limpeza do local onde será aplicado o dispositivo. Esse processo deverá ser realizado com algodão e álcool em gel. Dessa forma, será possível retirar o excesso de oleosidade ou de produtos na pele. 

Figura 3. Posicionamento dos eletrodos adesivos no Myobox 2.0.

O Myobox 2.0 é fixado na superfície da pele através de Eletrodos adesivos. O dispositivo deverá ser utilizado em locais sem pelos em excesso e não deve ser aplicado no cabelo. Sempre que possível, realize a raspagem dos pelos no local de aplicação (tricotomia). 

A captação dos sinais é realizada com o uso simultâneo de três eletrodos (Figura 3).

Desses, dois deles são paralelos entre si e representam os eletrodos ativos. A captação do sinal é realizada nesses locais, portanto eles devem ser posicionados no sentido das fibras do ventre muscular (local de maior atividade na palpação).

O terceiro eletrodo é o ground e poderá ser posicionado livremente. Ao inserir cada um dos eletrodos, você irá ouvir um som de click indicando que o encaixe ocorreu corretamente. 

Em seguida, retire as películas de plástico que são aderidas aos eletrodos para expor a superfície adesiva. Ao posicionar os eletrodos no myobox, é importante observar para que não haja sobreposição. 

Figura 4 – Sugestões de posicionamento do Myobox

Download e uso do aplicativo

O aplicativo da neuroUP pode ser baixado gratuitamente na Play Store (smartphones e tablets Android 6.0 ou superior) e na App Store (iPhone e iPad – iOS12 ou superior, para usuários do modelo Myobox2+). Recomendamos que seja dedicado um dispositivo para as sessões para evitar o uso do celular pessoal e a exibição de notificações. 

Após o download e instalação, crie a sua conta de usuário, no aplicativo (Figuras 5.1, 5.2 e 5.3).

Após preencher as suas informações para criação do usuário, efetue o login, inserindo nome do usuário ou e-mail e sua senha (Figura 5.4). 

No primeiro acesso, é necessário ler e aceitar nossos Termos de Uso e Política de Privacidade (Figura 5.5).

💡 Dica: confira nossos vídeos tutoriais (também disponível no FAQ):

Para usuários PRO, após o treinamento, será liberada a funcionalidade de cadastrar outras pessoas para realizarem sessões de avaliação/treinamento (Novo Perfil).

Clique em Novo Perfil (Figura 5.6), insira o nome e confirme (Figuras 5.7 e 5.8).

Selecione o Perfil Gerenciado que irá realizar a sessão (Figura 5.9) e clique em Nova Sessão (Figura 5.10).

O próximo passo é selecionar a quantos dispositivos (Myobox) que serão utilizados na sessão (este recurso está disponível a partir do modelo Myobox 2+) (Figura 6.1).

Para uso com um myobox estão disponíveis os módulos Maestro e Recovery. Descritos abaixo.

Para uso simultâneo de 2 myobox, esta disponível o módulo Control. Clique aqui para avançar até esse conteúdo.

Selecione o tipo da sessão que será realizada: Maestro ou Recovery. O aplicativo exibe informações sobre a finalidade de cada um dos recursos (Figura 6.2). 

O passo seguinte é a determinação da duração da sessão (Figura 6.3). Os detalhes sobre o protocolo (quantidade, sequência e duração) serão comentados no próximo tópico.

O próximo passo é selecionar o músculo que será utilizado na sessão. Primeiro, selecione a região macro (Figura 6.4), depois, a região específica (Figura 6.5) e, em seguida, o músculo (Figura 6.6).

A próxima etapa é perguntar ao participante sobre a percepção dele sobre a tensão, dor ou desconforto, no momento (Figura 6.7). Essa informação será quantificada através da Escala visual analógica (EVA), que e é pontuada de 0 e 10. Esse valor é anexado aos dados da sessão, mas não interfere na leitura dos sinais ou nos gráficos gerados à partir das sessões.

Após determinar o nível de tensão, o passo seguinte é a conexão do Myobox 2.0 com o aplicativo. 

Ligue o Myobox carregado e aguarde até que o seu equipamento apareça na tela do aplicativo (Figura 7.1).

O celular ou tablet poderá solicitar a confirmação do acesso ao Bluetooth do seu dispositivo. Para isso clique em “Permitir” (Figura 7.2). Esta é a etapa correta para parear o bluetooth com o Myobox, eles não devem ser pareados externamente ao aplicativo.

Caso o Myobox esteja desligado ou sem bateria, poderá ser exibida a tela informando que o dispositivo não foi encontrado (Figura 7.3). 

Clique no número do equipamento para conectar o Myobox ao aplicativo (Figura 7.4). Após a conexão, cofirme (Figura 7.5).

Caso seja exibida a tela de erro (Figura 7.6), desligue e ligue o Myobox.

Após a conexão, o passo seguinte é o posicionamento do Myobox na pele e a confirmação da qualidade do sinal (Figura 8.1). Aguarde até que o botão de Iniciar Sessão fique disponível para clicar (cor azul) (Figura 8.2).

No Maestro, após clicar em Iniciar (Figura 9.1), será exibida a animação de entrada e o jogo será iniciado com uma nave na tela. Esse objetivo é controlado diretamente pelo nível de tensão dos músculos. Portanto, ele irá subir, quando o participante aumentar a contração e irá descer, sempre que ele conseguir relaxar. Além disso, o jogo irá apresentar uma representação número da potência elétrica, em tempo real, no campo com o nome  “intensidade”. Eles valores são na unidade de uV RMS. Portanto, quanto maior o número, maior a potência da ativação muscular.

No Recovery, após clicar em Iniciar (Figura 10.1), será exibida a animação de entrada e o jogo será iniciado com a tela de definição sobre a intensidade do treinamento que será realizado: leve, moderado ou intensoApós selecionar e confirmar a escolha (Figura 10.2), será iniciada a calibração. 

Primeiro, será realizada a medição com o músculo relaxado, durante 5 segundos (Figura 10.3). Em seguida, será realizada a medição em contração, por três vezes, sendo 5 segundos de duração cada (Figura 10.4).

O objetivo do exercício é atingir os alvos e a nave é controlada diretamente pelo nível de tensão dos músculos. Portanto, ele irá subir, quando o participante aumentar a contração e irá descer, sempre que ele conseguir relaxar. 

Uso de 2 myobox simultâneos  (Control):

Caso seja selecionada a opção de 2 dispositivos (Figura 11.1), selecione o módulo Control (Figura 11.2). O aplicativo exibe informações sobre a finalidade desde módulo (Figura 11.2). Em seguida, exibida uma tela de aviso sobre as melhorias previstas (Figura 11.3).  

O próximo passo é selecionar o músculo que será utilizado na sessão em cada um dos Myobox. Para o primeiro dispositivo, selecione a região macro (Figura 11.4), depois, a região específica (Figura 11.5) e, em seguida, o músculo (Figura 11.6).

A próxima etapa é perguntar ao participante sobre a percepção dele sobre a tensão, dor ou desconforto, no momento (Figura 11.7). Essa informação será quantificada através da Escala visual analógica (EVA), que e é pontuada de 0 e 10. Esse valor é anexado aos dados da sessão, mas não interfere na leitura dos sinais ou nos gráficos gerados à partir das sessões.

Repita a operação para o segundo myobox. 

Após determinar o nível de tensão do segundo Myobox, o passo seguinte é a conexão deles com o aplicativo. Ligue os dois Myobox carregados e aguarde até que os seus equipamentos apareçam na tela do aplicativo (Figura 12.1). Em seguida, clique para Continuar ( Figura 12.2). 

Importante: o Myobox que estiver sendo calibrado piscará mais rápido em relação ao outro Myobox (Figura 12.3). Posicione este myobox no primeiro músculo e aguarde o sinal da barra na tela ficar verde (Figura 12.4). Em seguida, repita a operação para o segundo músculo (Figuras 12.5 e 12.6).

Selecione Iniciar sessão (Figura 12.7) e em seguida, inicie a Calibração (Figura 12.8).

Faça a calibração conforme as orientações do aplicativo. A primeira etapa é a de relaxamento (Figuras 13.1 à 13.3). A segunda, é a de contração (Figuras 13.4 à 13.8). 

Após clicar em Iniciar (Figura 13.9), utilize o módulo Control. Os pontos de calibração mínimos e máximos de cada músculo, estão marcados de verde, a barra azul é movida de acordo com a intensidade da contração realizada (Figura 13.10). Pra sair do módulo, clique no X (canto superior esquerdo). Em seguida, é possível fazer uma nova calibração ou sair do módulo (Figura 13.11).

Protocolos de avaliação e treinamento

A plataforma neuroUP pode ser utilizada tanto para a avaliação do nível de atividade muscular de repouso, quanto para oferecer as sessões de treinamento (Biofeedback). O protocolo completo consiste em: 1 sessão de avaliação, sessões de treinamento e 1 sessão de re-avaliação.

Sessões de avaliação

As sessões de avaliação tem o objetivo de identificar contrações parafuncionais dos músculos selecionados.

Essas ativações podem ser repetitivas (fásicas) ou sustentadas (tônicas) e podem ser desencadeadas por posturas inadequadas, estresse ou dor.

Figura 11. Sessão de avaliação de repouso com objetivo de identificar contrações parafuncionais.

Portanto, a pergunta condutora desse teste funcional é: o participante é capaz de permanecer em repouso, durante um determinado período de tempo?

Nas sessões de avaliação, o participante será orientado a ficar em silêncio e em repouso, portanto sem realizar movimentos.  Durante essas medições, eles não poderão ver a tela do aplicativo da neuroUP, nem ouvir o som gerado por ele (desative o áudio nos botões laterais do seu Smartphone ou Tablet). 

Tenha uma experiência de uso mais completa conosco!

Seja um assinante neuroUP PRO para ter acesso aos relatórios das sessões e outros benefícios:

A resposta obtida nestas sessões irá representar a capacidade de relaxamento muscular, durante o período solicitado. 

O resultado da avaliação poderá ser gerado pelo neuroUP Database. O relatório apresenta informações sobre os níveis de agitação psicomotora e de tônus, representa o traçado da sessão através de um gráfico e realiza a comparação estatístico com a base normativa de pessoas treinadas pela neuroUP.

Dessa forma, será possível confirmar se o participante possui excesso de atividade muscular, durante o repouso. Caso positivo, o participante terá indicação para realizar o treinamento.

Já possui um Myobox 2.0? Inscreva-se para ter acesso aos benefícios de assinante neuroUP PRO:

Sessões de treinamento

A contração muscular do participante irá controlar a nave e o valor da intensidade. Quando o participante contrai o músculo,  a nave sobe e o valor da intensidade aumenta (Figura 12).

Além disso, o jogo apresenta uma linha branca horizontal que representa o “limiar”, ou seja, o objetivo a ser atingido no momento pelo participante. Essa linha é calculada automaticamente, a cada 5 segundos, por um algoritmo de inteligência artificial. 

Figura 12. Aplicativo “Maestro” de Biofeedback. 1. A nave é controlada pela potência elétrica do músculo. 2. Representação númerica da potência elétrica, em tempo real. 3. Limiar que é calculado.

Para relaxar, o participante deverá manter a nave em baixo da linha. O limiar foi desenvolvido para ser mantido aproximadamente 20% acima do valor do participante. Dessa forma, o aplicativo consegue manter um nível ótimo de dificuldade, controlando as recompensas e punições para manter o nível de engajamento e a dificuldade ideal para cada pessoa.

Portanto, será mais fácil para uma pessoa que começa o treinamento mais tensionada e tende a ser mais difícil na medida que a pessoa adquire a habilidade de relaxar. 

Sessões de re-avaliação

Após as sessões de treinamento, realize uma sessão de reavaliação (idêntica à sessão inicial). O objetivo dessa sessão é confirmar se a pessoa já adquiriu a habilidade de relaxamento voluntário. Caso necessário, o participante poderá realizar mais 5 sessões, para totalizar 10.

O critério objetivo para determinar o final do treinamento é a obtenção de valores estatisticamente dentro da normalidade, com base no neuroUP Database.

💡 Dica: Clique aqui para acessar protocolos ilustrados de uso.

neuroUP Database (Relatórios estatísticos)

A neuroUP oferece um serviço adicional (opcional) de análise estatística das sessões de Biofeedback. Essas análises são realizadas automaticamente, por algoritmos na nuvem. 

Ao finalizar as sessões, esse sistema gera um relatório com informações gráficas e números para que possamos analisar os padrões funcionais de ativação e relaxamento durante a sessão. 

Será exibida a tela de confirmação de relatório salvo (Figura 13.1). Para solicitar os relatórios, selecione o nome de quem realizou a sessão (Figura 13.2) e na sessão (Figura 13.3). Confirme a solicitação clicando no Ok (Figura 13.4). Caso a conta esteja inativa, não será possível solicitar relatórios. Nesse caso, entre em contato com a neuroUP para mais informações sobre o neuroUP Database (Figura 13.5).

Leia aqui sobre os novos modelos de relatórios da neuroUP (Atualizado em 2021).

💡Leia mais: O cérebro com Bruxismo de Vigília e O cérebro com Cervicalgia

Já possui um Myobox 2.0? Conheça o neuroUP PRO:

O relatório inclui uma série de informações sobre as sessões de avaliação ou de treinamento com  o Biofeedback. Ele é composto por  dados do profissional e do participante, da análise estatística em comparação com a normalidade e pelo gráfico com a representação dos sinais durante a sessão.

Os algoritmos extraem informações importantes do sinal, como a potência muscular média e o número de contrações fásicas por minuto, comparando esses resultados com a base de dados normativa da neuroUP.

O neuroUP Database é a única base de dados no mundo que possui análises de repouso de mais de 1.200 pessoas treinadas com a técnica de Biofeedback.

Cabeçalho e resultados

Na primeira parte do relatório, você terá acesso aos dados de identificação do participante e do profissional que acompanha as sessões.

💡Uma novidade é que o cabeçalho agora contém a informação do nome do músculo que foi utilizado na sessão.

O EVA significa “Escala Visual Analógica”, informação informada pelo participante da sessão e que está relacionada com o nível de tensão, rigidez ou dor, de acordo com o caso.

Essa escala vai de 0 a 10, onde 0 significa a ausência dessa sensação e 10 representa a maior sensação já sentida na vida pela pessoa. 

Após o cabeçalho, nós iremos observar os dados dos resultados da sessão. A primeira informação oferecida é o gráfico da potência elétrica muscular durante o tempo da sessão (uV RMS x tempo). Essa informação coincide com o o movimento realizado pela nave na tela do aplicativo Maestro, durante a sessão.

Além da inspeção visual do gráfico, você também terá acesso a duas informações numéricas que são calculadas automaticamente pelo algoritmo:

  1. Potência muscular média: cálculo da média da atividade elétrica que ocorreu durante toda a sessão. Esse marcador está relacionado o nível de tônus (contrações isométricas) durante a coleta dos dados. Esse valor tende a diminuir com o relaxamento, por exemplo, já que menos fibras despolarizaram no músculo nesse período. 
  2. Contrações fásicas por minuto: o algoritmo da neuroUP realiza uma contagem automática da quantidade de contrações fásicas. Esse tipo de movimento acontece quando realizamos um significativo da contração, seguido por um relaxamento, ou seja, quando realizamos um abalo da atividade muscular. Normalmente, esse marcador está relacionado com a agitação motora ou com a quantidade de movimentos realizados pela pessoa.

Guia para compreender a análise dos resultados

Mas, como interpretar esses resultados para entender o nível de atividade que a pessoa desempenhou durante a sessão?

O servidor na nuvem do neuroUP PRO contém um banco de dados com os sinais de pessoas saudáveis (sem dor ou alteração funcional muscular). Esses dados foram coletados em pessoas já treinadas para aprender relaxar através do Biofeedaback e que foram orientados a ficar 10 min em repouso. 

Então, sempre que uma sessão do Maestro sobe para o servidor, o algoritmo da neuroUP realiza uma comparação estatística entre os dados da sua sessão com a base de normalidade. Dessa forma, o sistema pode realizar um inferência da faixa de atividade a pessoa, estava em relação a esse grupo controle. As faixas são definidas da seguinte forma: repouso (0 a  84,16%), baixa atividade (84,17% a 97,5%) e ativado (97,6 a 100%).

Ou seja, quanto maior a porcentagem, significa que a pessoa estava mais ativa durante a coleta dos dados. Portanto, mais distante essa pessoas estava de um grupo controle de repouso.

Dicas de Relaxamento

Análise dos resultados

A parte final do relatório contém as informações explicadas no módulo anterior, porém já representando os resultados cada uma das variáveis.

Em alguns casos, é possível que as duas variáveis apresentem faixas diferente de ativação. Isso acontece por conta das variações no padrão funcional das contrações que a pessoa realizar.

De forma geral, o marcador da potência muscular média está mais relacionado com as contrações isométricas (sustentadas), pois que elas tendem a ser mais duradouras e a somar um maior volume de potência elétrica na média da sessão.

Já o marcador de baixo, das contrações fásicas por minuto, é alterado quando o padrão de ativação muscular é mais de contrações repetitivas. Ou seja, é frequente quando ocorre movimentação na articulação relacionada com o músculo.

Portanto, se a pessoa tiver uma boa capacidade de relaxamento muscular, as duas variáveis deverão ficar dentro (ou muito próximo) da faixa de REPOUSO. 

Caso tenha dúvidas, a nossa equipe de suporte estará à disposição para te orientar com o necessário.

 

FAQ - Perguntas Frequentes

💡 Dica: lembre-se de manter o seu aplicativo atualizado. Verifique a versão do seu app na Play Store e App Store.

Mensagem “Sem conexão com a internet”.

Possível causa: Internet lenta ou que fica caindo.

O que fazer? Verificar qual a internet que o usuário está usando (3g, 4g, wifi…) e tentar mudar para uma conexão mais estável.


Mensagem: “Senha e/ou usuário/email incorreto”.

O que fazer? Algumas vezes o usuário cadastra uma senha ou email usando a primeira letra maiúscula (padrão do android) e ao digitar na tela de login, usa letras minúsculas, e vice versa. Verifique com atenção a senha digitada.

A tela de requisição não avança (não passa para a próxima etapa)

Possível causa: Internet lenta ou que fica caindo

O que fazer? Verificar qual a internet que o usuário está usando (3g, 4g, wifi…) e tentar mudar para uma conexão mais estável. Se o usuário estiver com a internet lenta, ainda poderá aparecer a mensagem “email não encontrado”.

💡 Dica: clique aqui para acessar o vídeo com o passo-a-passo completo para recuperar a sua senha.

Possível causa: Não foi feito o upload completo do arquivo e o servidor não consegue processar.

O que fazer? A nossa equipe poderá te ajudar gerando o relatório manualmente. Favor entrar em contato com nosso suporte pelo Whatsapp.

Possíveis causas:

  • Não há nenhum dispositivo próximo
  • GPS do celular desligado
  • O dispositivo está conectado a outro aparelho

O que fazer? Desconectar/desligar o bluetooth dos outros aparelhos que possam estar conectados (computador, tablet, outro celular, etc) 

Outra possível causa: o dispositivo foi conectado manualmente ao celular através das configurações do bluetooth. 

O que fazer? Desligar e ligar o dispositivo e desligar e ligar o bluetooth do celular. Essa forma incorreta de conectar o dispositivo não está mais disponível na versão atualizada do app. Verifique a versão do seu app na Google Play.

O que fazer?

  • Dispositivo mal posicionado, siga as instruções de posicionamento presentes na tela de escolha do músculo
  • Os eletrodos podem estar descolando da pele, faça uma limpeza do local com álcool em gel ou líquido à 70%, e coloque novamente os eletrodos, caso persista recomendamos a troca por novos eletrodos.

Caso o problema persista, entre em contato com a nossa equipe de suporte.

Possíveis causas:

  • Dispositivo descarregou
  • Dispositivo não está enviando os dados adquiridos

O que fazer? Desligar e ligar o dispositivo e reiniciar o aplicativo

Possível causa: dispositivo descarregou ou houve perda de conexão

O que fazer? Desligar e ligar o dispositivo e reiniciar o aplicativo

Possível causa: Muitos aplicativos rodando em background

O que fazer?

  • Encerrar os aplicativos rodando em background
  • Reiniciar o celular

Possível causa: celular lento

O que fazer? Considere testar o uso em outro dispositivo Android (celular ou tablet 6.0 ou superior).

Possível causa: Cabo USB mal posicionado

O que fazer? Retire o cabo USB e o conecte novamente

 

Outra possível causa: Cabo ou entrada USB com problema

O que fazer?

  • Conecte o cabo USB em outra porta USB ou em um carregador de celular
  • Troque o cabo USB

Possível causa: tempo de carregamento insuficiente

O que fazer?

  • Aguarde ao menos 4h para o total carregamento
  • Se, após 4h de carregamento, o dispositivo não apresentar o status de carregamento completo (luz verde) entrar em contato com o time de suporte através do Whatsapp para uma atualização remota
    •  

Possível causa: Dispositivo descarregado

O que fazer? Coloque o dispositivo para carregar e tente novamente

 

Outra possível causa: Dispositivo não responde ao pressionamento do botão

O que fazer?

  • Conecte por 2 segundos o cabo USB e depois desconecte-o. Pressione o botão de ligar novamente
  • Caso ainda assim o dispositivo não ligue, solicitar o envio do Myobox para realização do suporte
    •  

Após acessar o aplicativo utilizando login e senha, selecione Sua conta. Na tela seguinte, selecione Alterar senha. E então, digite a sua senha atual, a senha nova e repita a nova senha. Depois, selecione Salvar. Sua senha foi alterada com sucesso. 

💡 Dica: Você pode ver um passo a passo desse processo neste video: https://youtu.be/mz-MSXVJIMg

Após acessar o aplicativo utilizando login e senha, selecione Sua conta. Na tela seguinte, selecione Editar conta. Em seguida, selecione Alterar e-mail e então substitua o e-mail antigo pelo novo e selecione Continuar. Clique em Continuar, caso não queira ajustar o nome de usuário. Em seguida, confirme seus dados, clicando em Continuar. Seu e-mail foi alterado com sucesso. 

💡 Dica: Você pode ver um passo a passo desse processo neste video: https://youtu.be/qf7amMzW8x0

Na tela inicial do aplicativo (de login), clique em Esqueceu sua senha. Na tela seguinte, digite o seu e-email (e clique em Enviar). Você receberá um e-mail com sua nova senha (lembrando que essa senha pode conter caracteres maiúsculos e minúsculos). Depois disso, é possível digitar seu email e a nova senha.

💡 Dica: Você pode ver um passo a passo desse processo neste video: https://youtu.be/D5nG_5mSr94

Após acessar a conta Home com login e senha, clique no ícone posicionado no canto superior direito. Em seguida, digite o e-mail do profissional que irá acompanhá-lo e clique em solicitar. Pronto o profissional já pode ver o relatório de todas as suas sessões.

💡 Dica: Você pode ver um passo a passo desse processo neste vídeo sobre uso do aplicativo para usuários HOME: https://youtu.be/C1xNjMymqao

 

Em caso de dúvidas, entre em contato com a nossa equipe por WhatApp:

Deixe uma resposta

×
×

Carrinho